5 Conselhos Eficientes para Poupar Energia em Casa

Não existe energia mais limpa e mais barata do que a que não é consumida. Manter hábitos de poupança em casa não traz apenas benefícios financeiros. Como sabemos, a produção de energia também tem impactos sobre o meio ambiente e sobre o uso de recursos naturais.

O consumo responsável de energia ajuda a minimizar os efeitos do aquecimento global e das alterações climáticas. Na maioria das vezes, desfrutamos dos benefícios da energia sem saber como geri-la de maneira otimizada ou quais danos causados pelo seu uso indevido.

 

Utilizar melhor a energia

O principal objetivo de poupar energia é otimizar o uso dos equipamentos e recursos que utilizamos diariamente. Ao contrário do que muitos pensam, poupar não significa que sejam afetados os resultados que habitualmente obtemos nas tarefas domésticas.

Se quisermos comprar um eletrodoméstico, devemos saber que o custo que pagamos também está relacionado com a eficiência energética do mesmo. Um eletrodoméstico que tenha a classe A, não terá o mesmo consumo de energia que um que tenha a classe G. Neste caso, o último vai gastar muito mais energia, enquanto que o primeiro ajudará no que diz respeito à poupança de energia, ainda que possa ser um pouco mais caro. Mas a curto prazo compensa. 

Os hábitos estão diretamente relacionados com os comportamentos e, portanto, é importante entender os benefícios de sabermos poupar energia em casa. Com um conjunto de ações, a eficiência energética pode ser melhorada, mas para tal devemos ter uma atitude responsável. 

Poupar eletricidade também o ajudará a poupar tempo, já que com faturas de energia mais baixas, não terá a necessidade de estar constantemente mudar de fornecedor de energia ou a comparar preços.

 

Fonte: https://pxhere.com//en/photo/714869

 

Hábitos para poupar energia na sua casa

Pode levar algum tempo até se habituar, mas ao fazer algumas destas ações, os resultados chegarão em pouco tempo.

 

1 – Desconecte os eletrodomésticos e dispositivos que não utilizar

O stand by é o grande consumidor invisível de energia. Um dispositivo desligado e conectado continua a consumir, ou seja, a gastar eletricidade. Este consumo é silencioso, mas existe, embora na maioria das vezes não o percebamos.

Estima-se que os dispositivos em stand by consumam cerca de 75% da eletricidade. Em média, numa casa pode haver entre 5 e 10 equipamentos em standby que desperdiçam energia.

 

2 – Evite abrir o frigorífico e o congelador por longos períodos

Quantas vezes abre o frigorífico e fica com a porta aberta sem saber exatamente o que quer? É muito comum acontecer. O tempo que passa com esta atitude aumenta o consumo de energia.

Para que se a sua fatura de energia não chegue com um valor fora do normal, é melhor decidir bem o que quer antes de se dirigir ao frigorífico. 

 

3 – Junte o máximo número de peças de roupa quando for engomar

Um dos equipamentos que mais afeta o consumo de energia é o ferro. Um bom hábito para aproveitar ao máximo o seu uso é juntar as roupas que vai usar durante os próximos dias e passá-las imediatamente.

 

4 – Verifique a classificação energética dos eletrodomésticos

Os eletrodomésticos estão cada vez mais evoluídos em direção a uma maior eficiência e funcionalidade. É claro que as inovações tecnológicas tornam a nossa vida diária mais confortável de várias maneiras.

Já dissemos que para comprar um eletrodoméstico é aconselhável seguir a conhecida qualificação energética que avalia o desempenho e a eficiência energética de cada eletrodoméstico.

A classe energética de um eletrodoméstico é a cúmplice perfeita na hora de tomar uma decisão responsável. Interpretar bem as informações contidas nela é essencial.

Na categoria de eletrodomésticos muito eficientes temos a classe A. Com as letras A e B avalia-se o consumo moderado e com C e D os de consumo menos eficiente.

Além dessa classificação, é aconselhável atender ao consumo anual de energia do equipamento. Essas informações também aparecem na etiqueta.

 

5 – Certifique-se de apagar as luzes nos espaços onde não houver ninguém

Embora seja uma ação muito simples que contribui para a poupança de energia em casa, muitas vezes esquecemo-nos de desligar a luz.

Certamente por vezes dá conta que, ao entrar numa das divisões da sua casa, deixou uma luz acesa desnecessariamente, certo? Esses descuidos são comuns, mas podem ser evitados para que se possa reduzir uma porcentagem considerável do consumo médio de energia da casa.

Na verdade, poupar energia é fácil, mas como já foi mencionado, é uma questão de adquirir hábitos que podem ir desde apagar as luzes, à instalação de iluminação LED ou até ao uso eficiente dos sistemas de ar condicionado e aquecimento.

Poupar energia é ser responsável e as suas faturas irão agradecer. 

About Adelaide Almeida

Com formação em direito na Universidade Lusíada é a principal responsável pelo Informatico.pt, desempenhando actualmente as funções de gestora do departamento administrativo e comercial.

Veja também

Regresso às Aulas 2017/18

Estamos em plena época de férias escolares… mas já não falta muito para o regresso …

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *